O PAPEL DO ENFERMEIRO EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA

Autores

  • Débora Fernanda Martins
  • Larissa de Oliveira Galvão Salvador
  • Vitor Rodrigo da Silva dos Santos
  • Kelly Cristina dos Santos

Palavras-chave:

ENFERMEIRO, UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Resumo

A Unidade de Terapia Intensiva é um local crítico, com admissão de pacientes graves que necessitam da atenção contínua da equipe de enfermagem, mais especificamente, do enfermeiro, lidando diariamente com a vida e a morte. Desde o conflito da Criméia, Florence Nightingale começou a utilizar precauções para prevenir infecções e diminuir a taxa de mortalidade. Nos dias atuais, o objetivo de uma UTI continua sendo em oferecer um suporte humanizado ao paciente crítico e com risco de morte. O enfermeiro de uma UTI, possuem um papel essencial e complexo, exigindo conhecimento adequado para manusear todos os equipamentos existentes, incluindo a interpretação dos resultados, garantindo assim, um trabalho de excelência ao paciente. Objetivo: identificar as atribuições do enfermeiro em Unidade de Terapia Intensiva. Método: Trata-se de um estudo desenvolvido através de uma revisão bibliográfica realizada através de uma pesquisa realizada através da BVS (Biblioteca Virtual em Saúde), referente a base LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde). Resultados e Discussão:  O estudo mostrou que o papel do enfermeiro na UTI não é apenas técnico, mas também teórico e ético, ele deve respeitar as condições físicas do paciente e também seus valores e crenças. Considerações Finais: O profissional deve ter conhecimento dos procedimentos realizados nas Unidades, e saber manusear todos os equipamentos presentes no setor. O enfermeiro deve ter conhecimento para realizar o exame físico e avaliar as condições do paciente. Embora existam muitos profissionais na UTI, o enfermeiro é o principal responsável por realizar o monitoramento constante dos pacientes e seus dispositivos, buscando diminuir os riscos de complicações e óbitos. Essa função requer competência técnica e cientifica, conhecimento, habilidade e controle emocional.  Através do estudo foi possível identificar que o enfermeiro possui atribuições especificas de alta complexidade dentro de Unidade de Terapia Intensiva, como, obter histórico médico do paciente, realizar exame físico, conduzir tratamento, consultar e orientar a manutenção da saúde e orientar o paciente a dar continuidade ao tratamento.

Downloads

Publicado

2023-09-30

Como Citar

MARTINS, D. F.; SALVADOR, L. de O. G.; SANTOS, V. R. da S. dos; SANTOS, K. C. dos. O PAPEL DO ENFERMEIRO EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA . Anais do Encontro de Iniciação Científica das Faculdades Integradas de Jaú, Jaú, Brasil, v. 20, 2023. Disponível em: https://portal.fundacaojau.edu.br:4433/journal/index.php/enic/article/view/299. Acesso em: 23 maio. 2024.