PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA E O CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO PARA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

Autores

  • Beatriz Maria Fulanetto
  • Manuella Furlani Krugner
  • Maria Clara Gamba
  • Otavio Alves de Souza
  • Marcela Mangili Esteves Ivo

Palavras-chave:

PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA, ATENDIMENTO ESPECIALIZADO, POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

Resumo

Introdução: A Psicologia Social Comunitária visa atender as demandas da sociedade por meio do desenvolvimento da consciência crítica da população, a fim de torná-la autônoma e capaz de mudar sua realidade e reivindicar seus direitos. Uma das demandas sociais são as pessoas em situação de rua, as quais encontram-se em um contexto de vulnerabilidade ou, às vezes, até mesmo de risco. Diante disso, as políticas públicas criaram o Centro POP – Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, que visa oferecer acolhimento e amparo a essa população. Objetivo: Devido a necessidade de aprimorar a atuação do profissional da área da psicologia social comunitária, o presente estudo buscou elucidar como são oferecidos os serviços dentro do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua de uma cidade do interior de São Paulo, contribuir para o desenvolvimento de uma perspectiva mais humanizada sobre a temática e clarificar a atuação do profissional de psicologia diante dessa problemática. Método: Para alcançar os objetivos esperados, foi utilizado o delineamento de pesquisa documental, que possibilitou o entendimento sobre o serviço ofertado e conhecimento sobre a realidade de seus usuários. Resultados e discussão: Os resultados obtidos demonstraram a extrema relevância do Centro POP para a sociedade, uma vez que seu objetivo é auxiliar pessoas em situação de rua e garantir a proteção dos direitos violados desses indivíduos. Logo, o Centro de Referência tem como principal finalidade oferecer uma rede de apoio, atendendo as necessidades básicas do público alvo, dando suporte, orientação sobre seus direitos e fazendo indicações de cursos e atividades, através de parcerias, para desenvolver a autonomia desses indivíduos. Considerações finais: Dessa forma, compreender a dinâmica desse serviço contribui para a promoção desigualdade social e mudança de perspectiva em relação à população em situação de rua, visto que esse público é frequentemente hostilizado e invisível para a sociedade. Além disso, os investimentos para essa demanda social são escassos, faltam políticas públicas que incentivem a mudança dessa realidade e que forneçam segurança e proteção. Por fim, a melhoria nas condições de vida dessa parcela da população se faz através da orientação dos cidadãos sobre o serviço, para que exista comunicação das pessoas com o atendimento e a Busca Ativa aconteça. Essa abordagem consiste na tentativa de convidar as pessoas que estão em situação de rua a fazerem parte do Centro POP, para que assim recebam as orientações necessárias para participar do serviço. O psicólogo dentro do local oferece trabalho técnico para a orientação individual e grupal, realizando encaminhamentos que possam fortalecer os vínculos familiares e comunitários dos usuários do serviço e, assim, edificar sua autonomia.

Downloads

Publicado

2023-09-30

Como Citar

FULANETTO, B. M.; KRUGNER, M. F.; GAMBA, M. C.; SOUZA, O. A. de; IVO, M. M. E. PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA E O CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO PARA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA. Anais do Encontro de Iniciação Científica das Faculdades Integradas de Jaú, Jaú, Brasil, v. 20, 2023. Disponível em: https://portal.fundacaojau.edu.br:4433/journal/index.php/enic/article/view/452. Acesso em: 23 maio. 2024.