ANÁLISE DO TEMPO PARA INÍCIO DO TRATAMENTO ONCOLÓGICO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

Autores

  • Alessandro Gabriel Macedo Veiga
  • Victor Campos

Palavras-chave:

CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO, TEMPO DE INÍCIO DE TRATAMENTO, DIAGNÓSTICO DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

Resumo

Introdução: Infelizmente é comum deparar com o atraso no tratamento de câncer de cabeça e pescoço devido a diversos fatores, como por exemplo, o atraso no diagnóstico, sendo que este pode diferir entre os subsítios do tumor, devido aos sintomas vivenciados pelos pacientes serem diferentes. Os cânceres de laringe glóticos são frequentemente diagnosticados precocemente devido aos sintomas como a rouquidão que se desenvolve rapidamente e muitas vezes leva a busca por avaliação médica quando persistente. Já no câncer de nasofaringe e hipofaringe, que está associado a sintomas relativamente comuns e inespecíficos, muitas vezes resultam em um diagnóstico tardio. O câncer de cavidade oral está normalmente associado a sintomas como feridas que não cicatrizam e dor persistente na boca. O atraso no tratamento do câncer pode vir a ter consequências adversas no prognóstico do paciente. Objetivo: Avaliar os fatores que interferem no tempo de início para tratamento do câncer de cabeça e pescoço. Método: Trata-se de uma revisão quantitativa nas bases de dados Pubmed e UptoDate entre os anos de 2016-2021, por meio dos descritores: câncer de cabeça e pescoço, diagnóstico de câncer de cabeça e pescoço, tempo de início de tratamento para câncer de cabeça e pescoço. Sendo selecionados a princípio 10 artigos na íntegra e destes selecionados 3 de acordo com a temática e descritores. Resultados: A maioria dos estudos apontam um tempo relativo para o início dos sintomas e o primeiro atendimento com o médico clínico geral. Pois muitos pacientes são resistentes a procurar avaliação médica. A primeira consulta com o especialista e o estabelecimento do diagnóstico pode variar até 2 meses; e já para o início do tratamento podendo vir a demorar 3 meses.  Conclusão: É notável que a maioria dos cânceres de cabeça e pescoço é diagnosticada em estágios avançados, por fatores pessoais relacionados aos pacientes, falta de informação e à atenção à saúde como a falta do diagnóstico precoce.

Downloads

Publicado

2023-09-30

Como Citar

VEIGA, A. G. M.; CAMPOS, V. ANÁLISE DO TEMPO PARA INÍCIO DO TRATAMENTO ONCOLÓGICO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO. Anais do Encontro de Iniciação Científica das Faculdades Integradas de Jaú, Jaú, Brasil, v. 20, 2023. Disponível em: https://portal.fundacaojau.edu.br:4433/journal/index.php/enic/article/view/481. Acesso em: 21 maio. 2024.